IECAP participa do Seminário do Vem Viver – Programa de Proteção da Vida

O evento tem objetivo de refinar a metodologia para aplicação do Programa nas cinco regiões do País

O Governo Federal, por meio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), representado pela Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA), em parceria com Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e de Organizações da Sociedade Civil (OSC) como agências implementadoras, se uniram para construir uma metodologia que visa contribuir para o trabalho dos municípios na redução da letalidade infantojuvenil.

A metodologia foi elaborada e está prevista no Vem Viver, iniciativa que mobilizará gestores públicos e a sociedade civil no enfrentamento da morte precoce de crianças e adolescentes brasileiros a partir do uso das estratégias para proteção à vida.

Para refinar essa proposta, será realizado o Seminário do Programa Vem Viver, evento desenhado pela Secretaria junto às agências implementadoras para aperfeiçoamento da metodologia e das responsabilidades de cada ator na implementação das ações de combate à letalidade infantojuvenil. Os encontros têm como objetivo mobilizar os principais atores do Sistema de Garantia de Direitos das esferas pública e privada de cinco cidades brasileiras onde será implantado em caráter piloto.

Esta ação faz parte do acordo de cooperação internacional do MMFDH com o PNUD por meio do Programa PNUD BRA/18/24 – “Fortalecimento da garantia do direito à vida e da redução da violência contra crianças e adolescentes no Brasil”, o qual o IECAP participa como agência implementadora da metodologia na Região Centro-Oeste. A proposta intersetorial promoverá diálogo e elaborações coletivas sobre a metodologia do Vem Viver e acontecerá entre os dias 8 e 9 de forma virtual, reunindo atores-chave para execução do Programa no Distrito Federal.

en_US